Animais

Em imensas cidades cinzas eles vivem.

Furiosos, estressados, deprimidos e sonolentos eles vivem.

Todos os dias, em abarrotadas jaulas metálicas, são transportados até onde possam ser explorados .

Com luz artificial,  ração industrializada, vacinação programada e espaços restritos, seus dias se reduzem a uma monotonia angustiante.

Sem saber contra quem se revoltar, se voltam contra si. Irmãos e irmãs se ferem mutuamente, os mais fracos são chacinados, relegados aos restos ou pisoteados.

As fêmeas são confinadas, torturadas, estupradas e mortas por um sem-número de indivíduos. O ódio a sua prisão se transforma no ódio pelo seu gênero. Seus filhotes são abandonados para de morrer de frio, fome, sede e solidão.

Criaturas bestiais eles são. Animais eles são.

São humanos.

Anúncios

2 comentários sobre “Animais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s