Fazemos tantos planos, mas a Deus pertence o amanhã – Oficina G3

Amanhã, depois, mais tarde, no futuro farei…

Há algo mais próximo e imprevisível que o segundo que sucede a este? Nele estão contidas as maiores surpresas do universo. O telefone que toca, o vidro que se parte, o corpo que cai. Até mesmo a falta delas faz parte da imprevisibilidade do futuro.

Tentamos ver além e na falha disso tentamos fazer com que nossas projeções sejam reais, por que assim estaríamos evitando o sofrimento, dor e a insegurança. O que não vemos é que isso causa mais dor, sofrimento e frustração.  Sim, por que queremos que as coisas sejam como sonhamos e as pessoas sejam de acordo com nossa expectativa. No meio do caminho abandonamos a espontaneidade, leveza de espírito e naturalidade.

Quem nunca fez uma viagem daquelas onde tudo pode acontecer? Quem poderia imaginar como ela com suas lembranças nos marcariam pra sempre? Aquela menina metida do primeiro dia de aula no fim do ano não era sua melhor amiga? O cara que você nem imagina conhecer não é seu namorado?

Não há instruções para viver.

Se surpreenda, crie memórias, inove, se solte, viva!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s